Novo conto adicionado

Súper poderes Não gosto de festa, mas aceito um convite quando estou súper cansado de ficar em casa. De vez em quando vale a pena conversar um pouco, ver alguém vomitar, invejar os garotos que já têm namorada ou pelo menos arranjaram alguma menina para beijar. Não levo jeito com as mulheres, sou muito tímido, só sei conversar sobre filmes e livros e não tenho carro de papai para levá-las em casa. E claro que não posso falar sobre certas coisas. Não estou a fim de ser internado e passar a vida entupido de comprimidos. Se não me taxassem de louco, diriam que sou um ridículo tentando chamar atenção, o que, para as garotas, daria na mesma. Às vezes me dá vontade de usar minha invisibilidade para ficar quieto num canto, só observando a galera e rindo das abobrinhas que eles falam. Mas todo mundo ia dizer que eu saí… Continue lendo

Lançamento do livro Farol do Espaço Profundo em Timbó – SC

Convite de Roberto Belli Março Dia 21, em Timbó – SC — No Grão Espaço Eventos – Casa do Poeta Lindolfo Bell: 19h Abril Dia 5, em Blumenau – SC — Bloco T da Universidade de Blumenau – Palestra sobre o livro e sobre a Ficção Científica (não é lançamento): 20h20 Dia 19, em Blumenau – SC — Lançamento no Norte Shopping – Espaço Cultural e Livrarias Catarinense: 19:30 Dias 27 e 28, em Porto Alegre – RS — 1ª Odisseia de Literatura Fantástica, Memorial do Rio Grande do Sul: 28/04/12, 18h Maio Dia 21, em Blumenau – SC — Lançamento no Espaço Cultural da Biblioteca da Furb – Universidasde de Blumenau: 19h30 Julho Dia 19, em Blumenau – SC — Noite Multicultural na Fundação Cultural de de Blumenau: 19h30 Agosto Em São Paulo – SP — Fantasticon, ainda sem data e horário. Meus agradecimentos a todos os que me… Continue lendo

Desafio Literário de Ficção Científica

O site CONTOS FANTÁSTICOS lançou um Desafio Literário de Ficção Científica baseado em Imagens no dia 11 de Abril de 2010. É uma proposta modesta para fomentar a criatividade de quem gosta de escrever FC ou se motive pela ousadia de tentar se aventurar no gênero.  Você pode  enviar o seu trabalho usando nome próprio ou pseudônimo. Caso use pseudônimo o seu nome verdadeiro será sigilosamente resguardado.  A premiação será simbólica ( distribuição de livros para os vencedores ) e  publicação dos textos com destaque no acervo do CF.   O término para o envio de contos é 8/5/2010! Corra www.contosfantasticos.com.br   enviado por Afonso L. Pereira

Conto: Sonhe sempre comigo – segunda parte

Por Adriano Siqueira Segunda parte 11h30min. – No Serviço Secreto. Meu chefe, como sempre, não olhava para minha cara. Apenas para a papelada na mesa. Sentei e esperei que falasse comigo. Ele me entregou uma pasta para a próxima missão. Olho o documento e vejo a foto de um caminhoneiro. – Isso mesmo, Jonas, este é o alvo. O caminhoneiro tem a chave para a destruição deste mundo, e você deve eliminá-lo. – Mas senhor, ele é só um caminhoneiro… O chefe se levantou e bateu na mesa. – Não discuta minhas ordens. Este caminhoneiro foi quem você viu ontem, desgovernado na estrada. Ele está vivo e em coma, viu tudo que fizemos. A perseguição do carro da CIA com o nosso. Certamente, ele sabe as placas dos carros, e irá nos reconhecer. Você sabe que não precisamos de uma terceira guerra, principalmente EUA X Inglaterra. Sem falar na vida… Continue lendo

Conto: Sonhe sempre comigo

por Adriano Siqueira Primeira parte 4h53min. 180km por hora. A estrada quase não tinha iluminação. Os carros que me perseguiam estavam atirando nos meus pneus. Adoro essa vida… acionei o botão da metralhadora traseira e acabei com um dos carros, mas ainda faltava um. Logo na frente, vejo um pequeno cachorro atravessando a estrada, fazendo um caminhão ficar fora de controle. Eu consigo desviar a tempo, porém o carro que me perseguia, não teve a mesma sorte. Foi uma grande explosão. Abri a porta do carro e deixei o cachorrinho entrar. Ele estava assustado. Eu devia essa pra ele, afinal, salvou meu dia. Cheguei no bar na hora marcada. Todas as garotas olhavam pra mim, como se eu fosse a recompensa daquela noite solitária. Uma garota me beijou na boca, com dois martinis, e eu aceitei. Ela apontou para uma mesa, que tinha uma mulher, a reconheci de cara. Seu… Continue lendo

Conto: O Prazer Eterno

de Adriano Siqueira Cadastre-se no The Tred, dizia um site de vampiros! Cadastre-se e seja um de nós… Eterno e cheio de prazeres! É lógico que eu queria isso… Quem não quer? Mentira? Claro que era! Mas a ansiedade misturada com a curiosidade não deixava que eu recuasse. Então, deixando as ironias de lado, eu cliquei no botão cadastrar… um bonito visual feito acho que em flash apareceu… Cores bonitas! Visuais gráficos muito bons, porém achei um exagero fazer um visual desse apenas para um cadastro simples, mas fiquei lá olhando… Até que apareceram olhos… Olhos de uma mulher… As cores agora formavam a sua face e sua boca, muito sexy com um batom vermelho, e as mãos mexendo no cabelo estavam como que dançando na tela! Eu queria copiar aquilo – era magnífico, mágico e místico. Quando ouvi sua voz, fiquei quase que hipnotizado! Então eu dei o comando… Continue lendo

Conto: Warrior

Guerreiros de Carlos Cardoso O estranhamente grande soldado examinava mais uma vez sua carabina M1. John “peewee” Jacobson, soldado de 1a classe observava a curiosidade do companheiro. “É a mesma que usamos no treinamento básico, não mudou nada”. “Para mim é novidade. Tão.. rústica, mas ao mesmo tempo tão letal! Existem muitas formas de matar, mas metal contra carne sempre será minha favorita.” Imbuído de seu espírito patriótico, o jovem soldado reagiu ao comentário. “Não estamos aqui para matar, companheiro.Estamos aqui para defender a Europa de um terrível mal, e se alemães precisam morrer para que o Mundo Livre possa continuar existindo…” O soldado grandalhão soltou um ruído de escárnio, sua barba e cabelos compridos (como o sargento dele deixou uma cabeleira assim passar impune?) balançando ao vento,já duros com o sal e a maresia. “Você näo entendeu nada, pequeno verme (a expressão de quase simpatia contrariou o termo, mas… Continue lendo

Conto: Babel

BABEL de Carlos Cardoso O grande Sol Branco de Taxmar emitia suas línguas de plasma com uma precisão matemática, como tentáculos de pura energia varrendo centenas de milhares de quilômetros de espaço profundo. Indiferente a toda aquela energia, a nave estelar Enterprise passou ao largo da gigantesca estrela, com seu interesse voltado para energias muito menores, mas potencialmente terríveis para o futuro da Federação dos Planetas Unidos. Trechos do Diário do Oficial de Ciências Spock “(…) A missão que nos espera não só será um desafio para a Lógica como porá em jogo toda a Ética da Federação e o princípio básico de nossa sociedade. Pela primeira vez a Diretriz-Primeira poderá ser intencionalmente violada. Será que assim abriremos um precedente, jogando fora anos de exploração pacífica do espaço ? ” Guardando sua estimada e última garrafa de cerveja romulana, o doutor Leonard McCoy coçou a cabeça, procurando no enorme painel… Continue lendo