O sacrifício do cervo sagrado

O Sacrifício do Cervo Sagrado é um filme de 2017, dirigido por Yorgos Lanthimos. Estrelado por Colin Farrel, Nicole Kidman e Barry Keoghan; conta com a participação especial de Alicia Silverstone, o filme é baseado na tragédia grega de Ifigênia. O filme conta a história da família Murphy, que é abalada após conhecer Martin, filho de um ex-paciente de Steven Murphy (Collin Farrel). Eventos dramáticos vão deteriorando as relações familiares até seu total colapso. É um filme onde se nota a tensão crescente e a quebra das frágeis relações familiares, assim como situações perturbadoras são apresentadas do começo ao fim. Para quem está acostumado com filmes de terror padrão, com muitos sustos e com bizarrices explícitas, talvez esse filme não agrade muito. O filme está disponível no Primevideo. Já assistiu esse filme? Qual a sua opinião?…Comenta!

Homunculus

Homunculus (2021) conta a história de um homem sem lembranças do passado que é abordado por um estudante de medicina. O aspirante a médico quer fazer um procedimento conhecido como trepanação. Após o procedimento o homem começa a enxergar os traumas das pessoas. Será que ele será capaz de recuperar suas lembranças? Apesar de elementos bem interessantes, é um filme bastante bizarro e tem alguns momentos muito perturbadores. Não é exatamente um filme de suspense, talvez um drama com elementos psicodélicos. O filme é uma adaptação do mangá homônimo. O roteiro e a direção ficam por conta de Takashi Shimizu (The Grudge). Homunculus está disponível na Netflix. Já assistiu? o que achou?

O Evento – um conto de ficção científica e terror

A tripulação da Estação Espacial Internacional II é responsável por reativar um ousado projeto de captação de ondas gravitacionais, que tem como objetivo investigar as origens do universo. Mas o que eles vão encontrar parece ir além de qualquer compreensão. Depare-se com O EVENTO, um conto de ficção científica e terror. Disponível na Amazon. Por Camile Queiroz.

A Ligação

Quando chegou na Netflix, A Ligação (Kol) foi apresentado como um filme de terror. Demorei para assistir, pois achei que se tratava de mais um filme de terror asiático. Baseado no roteiro de Sergio Casci (The Lodge), A Ligação está mais para um suspense de ficção científica do que para terror. A depressiva Seo-Yeon recebe uma ligação por engano e descobre que a chamada vem do passado. Ela desenvolve uma amizade com sua interlocutora, Young-Sook, porém Seo-Yeon logo descobrirá que mexer com o destino pode trazer consequências. Gostei bastante da trama; é tensa e com muito suspense. Já viu A Ligação, o que achou?

IO o último na Terra

IO (2019) é um drama de ficção científica que conta a história de Sam, uma das últimas pessoas no planeta Terra. O planeta sucumbiu e os humanos tiveram que procurar outro lugar para viver. Na lua vulcânica de Júpiter, Io. Sam é filha de um cientista que estava tentando salvar o planeta da destruição total. E ela não desiste de tentar achar algo para comprovar o trabalho do pai. Um dia, um estranho pousa perto da casa de Sam e tenta convencê-la a embarcar na última nave rumo a Io. IO é um filme intimista e bem calmo e valeu a pena ter assistido. Infelizmente a pontuação dele é abaixo dos 40% no Rottentomatoes, mas isso não impede de assistir e, quem sabe, até gostar. O filme é estrelado por Margaret Qualley e Anthony Mackie e está disponível na Netflix. Já conhecida esse filme? O que achou? Conta nos comentários.

O livro da ficção científica brasileira

Apoie o livro da ficção científica brasileira, por Editora Madrepérola Leitura essencial hoje, O livro da ficção científica brasileira é o grande livro sobre a ficção científica de autoria brasileira. Essa coletânea traz 39 contos e apresentam os mais variados subgêneros do scifi: viagem no tempo, distopia, invasão alienígena e space opera. O livro conta com 39 contos de autores nacionais. Um livro para ser apreciado pela variedade de textos, essa viagem ao universo scifi apresenta novos escritores e suas histórias. Ambientada no Brasil por seus nomes e temas, este livro valoriza a produção nacional do tema. Seus contos trazem características locais, regionais e globais; uma produção que surge no Brasil e agora ganha mundos. Assim, este coletivo fundamenta, constrói e favorece a imaginação de maneira crítica e criativa para diversificar saberes, identidades e culturas. Saiba de todos os detalhes e apoie o projeto aqui.

O Preço de Marte

Em O Preço de Marte dois mil brasileiros tentam chegar ao Planeta Vermelho Na segunda metade do século 21, um grupo de empresários, políticos e militares decide que é hora de o Brasil queimar etapas. Com algum dinheiro privado, e muitas concessões e licenças públicas, eles prometem fincar a bandeira verde e amarela no solo marciano, reivindicando para o país um quinhão do Planeta Vermelho. Milhões de famílias investem suas economias no projeto, que garante retornos astronômicos, enquanto dois mil brasileiros de diferentes estados, vão além: embarcam de corpo e alma na gigantesca nave construída em órbita da Terra. O Preço de Marte acompanha essa aventura espacial impulsionada por frustrações e sonhos – pessoais e coletivos –, intrigas, artimanhas políticas e golpes financeiros. O Preço de Marte, do autor João Carlos Leal, está disponível na Amazon.

Radioatividade no CineCiência

Nesta edição do #CineCiência a física espacial Ale Pacini e o físico Rodrigo Parreira falarão sobre o filme “Radioatividade” (EUA, 2019, 110 min, 14 anos, disponível na Netflix), dirigido pela aclamada escritora, ilustradora e cineasta iraniana Marjane Satrapi. Esse drama biográfico, estrelado por Rosamund Pike, conta a vida da física e química Marie Curie, que conduziu pesquisas pioneiras sobre radioatividade. Assista ao vivo no canal do MIS no YouTube. Sobre os convidados  Ale Pacini é física espacial, escritora, comunicadora científica (Canal do YouTube O Que Diz a Física) e mentora do projeto da ONU Space4Women. Licenciada e bacharel em Física pela Universidade Mackenzie (SP), mestre e doutora em Geofísica Espacial pelo INPE (SJC), possui um segundo título de doutora em Ciências Físicas pela Universidade de Oulu, na Finlândia. Ale Pacini?mora fora do Brasil desde 2016, trabalhando em institutos de pesquisa e observatórios americanos como Applied Physics Lab, NASA/Goddard e Observatório de Arecibo. Atualmente, ela é cientista do NWRA (Boulder, Colorado) e CEO da empresa InSpace, na qual ela lidera projetos de educação e divulgação… Continue lendo